PORTUGUÉS

17 octubre, 2017

CONTROLO DAS INVASORAS HEDYCHIUM GARDNERIANUM E GUNNERA TINCTORIA EM ÁREAS FLORESTAIS NA ILHA DE S. MIGUEL – AÇORES

As espécies conteira (Hedychium gardnerianum) e gigante (Gunnera tinctoria) são invasoras originárias dos Himalais e da América do Sul respectivamente, introduzidas na Ilha de S. Miguel […]
17 octubre, 2017

GESTÃO DAS INVASORAS LENHOSAS HAKEA SALICIFOLIA E HAKEA

Hakea salicifolia e Hakea sericea são duas espécies invasoras em Portugal. Neste trabalho estudou-se a morfoanatomia de folhas jovens e adultas nos dois taxa e a […]
17 octubre, 2017

CONTROLO DA INVASORA PITTOSPORUM UNDULATUM EM ÁREAS FLORESTAIS NA ILHA DE S. MIGUEL – AÇORES

O incenso (Pittosporum undulatum) é uma invasora proveniente do Sudoeste da Austrália, provavelmente introduzida nos Açores como ornamental de jardins (sebes). Actualmente está presente em grande […]
17 octubre, 2017

BIOLOGIA DA GERMINAÇÃO DAS INVASORAS HAKEA SALICIFOLIA E HAKEA SERICEA

Hakea salicifolia e Hakea sericea são duas espécies invasoras em Portugal. Neste trabalho estudou-se a viabilidade e germinação das sementes submetidas a diferentes pré-tratamentos e diferentes […]
17 octubre, 2017

EFEITO DO ARRASTAMENTO DE GLIFOSATO NO CAULE DE EUCALYPTUS UROGRANDIS

O estudo foi composto por dois ensaios e constou da aplicação de volumes de glifosato, em duas concentrações, no caule de plantas recém estabelecidas (mudas) de […]
17 octubre, 2017

ABSORÇÃO DE SUBDOSES DE GLIFOSATO APLICADO EM DIFERENTES LOCAIS DE PLANTAS DE EUCALIPTO

O estudo foi composto por dois ensaios e constou da aplicação de concentrações crescentes do herbicida glifosato em plantas de eucalipto. Em ambos os ensaios, mudas […]
17 octubre, 2017

AVALIAÇÃO DE EFICIÊNCIA DO HERBICIDA MON 14445 NO CONTROLE DA COMUNIDADE INFESTANTE EM FLORESTAS DE EUCALIPTO

A implantação de florestas cultivadas com plantas exóticas, como o eucalipto, é uma alternativa desejável, pois promove oferta de madeira para os diversos fins e protege […]
17 octubre, 2017

AVALIAÇÃO DA FITOTOXICIDADE DE TRÊS ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS: CEDRELA FISSILIS, SCHIZOLOBIUM PARAHYBA E CALOPHYLLUM BRASILIENSIS, A HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR.

Visando o plantio de árvores associado à cultura da cana-de-açúcar em sistema de aléias, procurou-se avaliar o efeito fitotóxico de herbicidas registrados para a referida cultura, […]