COBERTURA E CONTROLE DE ALTERNANTHERA PARONYCHIOIDES NA CULTURA DO ALGODOEIRO EM FUNÇÃO DE HERBICIDAS E TIPOS DE BICOS DE PULVERIZAÇÃO

Em área experimental da fazenda de ensino, pesquisa e produção UNESP, Campus de Jaboticabal objetivou-se avaliar a cobertura e o controle de Alternanthera paronychioides na cultura do algodeiro em função de três pontas de pulverização (Rotativo, TTI11002 e TT11002) e dois herbicidas (trifloxisulfuron e pyritiobac-sodium) aplicados com pulverizador costal de pressão constante mantido por CO2 para os bicos hidráulicos e um pulverizador costal motorizado para bico de energia centrífuga. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados totalizando 6 tratamentos e uma testemunha, com quatro repetições. Aos 12 DAA foi realizada a primeira avaliação de controle onde para o fator herbicida não houve diferença significativa. Para o fator bico, o TT11002 apresentou a melhor nota de controle, diferindo estatisticamente do bico rotativo. Aos 18 e 30 DAA não houve diferença estatística entre nenhum dos fatores. Em relação à cobertura, o bico TT11002 obteve maior porcentagem de cobertura, sendo estatisticamente diferente da ponta TTI11002 e da ponta de energia centrífuga.