VIABILIDADE DA SOLARIZAÇÃO DO SOLO COM PLÁSTICO TRANSPARENTE PARA O CONTROLO DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DA ALFACE

O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da solarização do solo no controlo de plantas daninhas na cultura da alface. Foi avaliado o efeito da solarização do solo com plástico de polietileno transparente sobre plantas daninhas em cinco períodos de cobertura em pré-plantio da alface (75, 60, 45, 30 e 15 DAP) e duas testemunhas (uma mantida mondada manualmente e outra mantida com infestantes); por razões de compactação do solo, foi adotado o revolvimento do solo após a solarização em metade das parcelas do ensaio. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados através de estudos fitossociológicos da comunidade infestante e da produtividade da cultura da alface. A solarização do solo sob condições de baixa precipitação e de baixa amplitude térmica não demonstrou ser eficaz no controlo de plantas daninhas e não foi prejudicial ao desenvolvimento e produtividade da cultura. O revolvimento do solo desativou o tratamento no controlo de plantas daninhas, reduzindo a produtividade da cultura da alface.