SORGOLEONE: POTENCIAL ALELOPÁTICO, CARACTERÍSTICAS FISICO-QUÍMICAS E SORÇÃO AO SOLO

Sorgoleone é um aleloquímico exsudado pelas raízes de sorgo e inibe o fluxo de elétrons no fotossistema II. Os objetivos desta pesquisa foram: a) avaliar o potencial alelopático de sorgoleone em plantas; b) determinar o coeficiente de partição octanol-água (Kow); c) a constante de dissociação ácida (pKa); e d) avaliar sua adsorção ao solo. Sorgoleone foi extraído de raízes jovens de sorgo com solventes lipofílicos, obtendo-se 80% de eficácia. Experimentos de resposta à dose conduzidos em placas de Petri foram utilizados para estimar o potencial alelopático em alface (Lactuca sativa) e picão-preto (Bidens pilosa). Kow e pKa foram determinados utilizando-se métodos descritos na literatura. A sorção de sorgoleone foi avaliada após agitação durante 24 h de 500 mg de solo com 10 mL de soluções de sorgoleone de 0, 5, 10, 15, 25, 40 e 60 mg.L-1. Após a centrifugação, o sobrenadante foi filtrado e a concentração de sorgoleone foi determinada por HPLC. Dados do montante de sorgoleone sorvido foram submetidos à análise de variância, e os dados de sorvido pela concentração de equilíbrio foram ajustados aos modelos linear e de Freundlich. Os ensaios em placas de Petry indicam que sorgoleone tem um excelente potencial aleloquímico. As características físico-químicas indicam que o composto tem constante de dissociação em pH neutro e é altamente hidrofóbico. A sorção de sorgoleone ao solo é muito elevada. Estes resultados sugerem que a atividade de sorgoleone no meio só ocorre quando as raízes das plantas doadoras e receptoras estão em contacto