RESPOSTA DE SEMENTES DE MOMORDICA CHARANTIA L. À ÁGUA, TEMPERATURA E LUZ

Com este trabalho objetivou-se estudar respostas germinativas das sementes de melão-de-São-Caetano (Momordica charantia L.) aos efeitos da disponibilidade de água (estresse simulado por soluções de PEG 6000, ajustadas para potenciais osmóticos de 0,0, -0,2, -0,4, -0,6, -0,8 e –1,0 MPa), da temperatura (10, 15, 20, 25, 30 e 35 °C), da qualidade da luz incidente (escuro, vermelho, verde, amarelo, vermelho distante, azul, laranja e transparente). O delineamento experimental utilizado em todos os experimentos foi o inteiramente casualizado, com os tratamentos em quatro repetições. Todos os experimentos foram desenvolvidos em câmara de germinação. As sementes de melão-de-São-Caetano apresentaram elevado índice de velocidade de germinação; sendo que a disponibilidade de água foi indispensável, a temperatura ideal foi de 25 oC e as sementes germinam independente da qualidade de luz