EFICÁCIA DO HERBICIDA AMICARBAZONE EM APLICAÇÃO CONJUNTA COM A COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR NO CONTROLE DAS PRINCIPAIS PLANTAS DANINHAS DA CULTURA

Os herbicidas aplicados em pré-emergência em cana crua tem como principais limitações a retenção parcial dos produtos na palha e a dependência de chuvas após a aplicação para que o herbicida atinja o solo. Para minimizar estas limitações, foi desenvolvido um sistema de aplicação de herbicidas adaptado à colhedora de modo que as operações de colheita e aplicação do herbicida fossem feitas simultaneamente. A aplicação ocorre entre o sistema de coleta e o lançador de palha da colhedora, atingindo o solo e sendo coberto pela palhada. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do herbicida amicarbazone, aplicado em conjunto com a colheita mecanizada da cana-de-açúcar, no controle das principais plantas daninhas da cultura em diferentes épocas de aplicação. Foram conduzidos cinco experimentos, em diferentes épocas. Para P. maximum e Digitaria spp, em aplicações realizadas na época com baixa disponibilidade hídrica inicial, os maiores níveis de eficácia do amicarbazone foram observados com a aplicação sob a palha em operação conjunta com a colheita. Em aplicações realizadas no final da estação seca e na estação chuvosa, os maiores níveis de eficácia do amicarbazone foram observadas com a aplicação convencional sobre a palha e aplicação na colhedora. Para espécies Ipomoea sp, E. heterophylla, Brachiaria decumbens e Bidens pilosa, na estação chuvosa os maiores níveis de controle foram observados para aplicação na colhedora e convencional sobre a palha.