CRESCIMENTO E NODULAÇÂO DA SOJA INFLUENCIADOS POR CAPIM-BRAQUIÁRIA COM E SEM INCORPORAÇÃO

A pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar o desempenho agronômico da soja transgênica, cultivar M-SOY 7908 RR, em função da incorporação ou disposição na superfície do solo, do capim-braquiária (Brachiaria ruziziensis). O experimento foi conduzido em vasos de 8 litros preenchidos com Latossolo VE. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com nove tratamentos em quatro repetições. Os tratamentos T1, T2 e T3 constaram, respectivamente, de 2,5; 5,0 e 10 t ha-1 de capim-braquiaria em superfície. T4, T5 e T6 de 2,5; 5,0 e 10 t ha-1 de capim-braquiaria incorporada ao solo, T7 e T8 com 5,0 t ha-1 de Sphagnum sem e com incorporação, respectivamente, e T9 (testemunha) somente o solo. Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância (teste F), com as médias sendo comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. O capim-braquiária em superfície, independente da quantidade utilizada, estimulou significativamente o crescimento da massa seca da parte aérea da soja, com incremento, em média, de 42%, e também favoreceu a massa seca total de nódulos em 36%.