CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA FOLIAR DE MERREMIA CISSOIDES (LAM.) HALL. F. ATRAVÉS DAS DIMENSÕES LINEARES DOS FOLÍOLOS

O objetivo da pesquisa foi determinar uma equação matemática que estime a área foliar de Merremia cissoides a partir da relação entre as dimensões lineares dos limbos foliares. Folhas da espécie foram coletadas de diferentes locais na UNESP, Jaboticabal, SP, Brasil, medindo-se o comprimento (C), a largura máxima (L) e a área foliar de três tipos de folíolos. Foram estimadas equações lineares Y = a×(X) para cada tipo de folíolo. Houve sobreposição dos intervalos de confiança das equações dos folíolos primário e secundário, por isso considerou-se uma única equação da média desses folíolos, além da equação do folíolo principal, para caracterização da área foliar de M. cissoides. Assim, a área foliar dessa espécie pode ser estimada pelo somatório das áreas dos limbos foliares dos folíolos principal e primário + secundário, por meio da equação AFest = 0,5011×(X) + 2,18076×(Y), em que X indica C×L do folíolo principal e Y indica C×L médios dos folíolos primário + secundário, respectivamente